Saúde

O que é um Acompanhante Terapêutico e o que ele faz no dia a dia? Entenda!

Neste artigo, saiba mais sobre as atividades relacionadas ao acompanhante terapêutico: o que faz, rotina e muito mais.

Continue lendo!

O que é um acompanhante terapêutico?

Um acompanhante terapêutico é um profissional de saúde que presta suporte e assistência a pessoas com dificuldades emocionais, mentais ou sociais. 

Eles trabalham em conjunto com profissionais de saúde, como psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais, para promover o bem-estar dos pacientes. Aqui estão algumas características e funções de um acompanhante terapêutico:

  • Parceria terapêutica: O acompanhante terapêutico estabelece uma relação de parceria com o paciente, desenvolvendo um vínculo de confiança e empatia.
  • Acompanhamento individualizado: Eles oferecem suporte personalizado, adaptando suas estratégias de acordo com as necessidades específicas de cada paciente.
  • Integração social: O acompanhante terapêutico auxilia o paciente a se integrar melhor em ambientes sociais, ajudando a desenvolver habilidades de interação e promovendo a participação em atividades sociais.
  • Acompanhamento fora do consultório: Ao contrário de outros profissionais de saúde, o acompanhante terapêutico atua fora do ambiente tradicional de consultório, acompanhando o paciente em suas atividades diárias.
  • Estímulo à autonomia: O objetivo é ajudar o paciente a adquirir ou recuperar sua independência, incentivando-o a enfrentar desafios e tomar decisões por si mesmo.
  • Observação e intervenção: O acompanhante terapêutico observa o comportamento do paciente em diferentes situações e pode intervir quando necessário, oferecendo suporte emocional ou utilizando técnicas específicas para ajudar a lidar com dificuldades.
  • Apoio na rotina diária: Eles auxiliam o paciente em tarefas diárias, como cumprir horários, cuidar da higiene pessoal, administrar medicamentos e cumprir compromissos agendados.
  • Monitoramento do progresso: O acompanhante terapêutico registra informações relevantes sobre o progresso do paciente, comunicando-as à equipe de saúde responsável pelo tratamento.
  • Promoção da saúde mental: Além de lidar com questões específicas, o acompanhante terapêutico trabalha para promover a saúde mental e o bem-estar geral do paciente, proporcionando um ambiente seguro e suporte emocional constante.

O que faz um acompanhante terapêutico no dia a dia?

O dia a dia de um acompanhante terapêutico pode variar dependendo das necessidades e objetivos do paciente, bem como do contexto específico em que estão trabalhando.

Mas algumas atividades possíveis, depois que o tecnólogo em Técnicas de Acompanhamento Terapêutico conclui seu curso, são as seguintes:

  • Acompanhamento.
  • Socialização e integração.
  • Suporte em situações difíceis.
  • Monitoramento e observação.
  • Rotinas e hábitos saudáveis com o paciente.
  • Autonomia e habilidades práticas.
  • Suporte emocional.

E você, sabia de todas essas atividades relacionadas ao acompanhante terapêutico?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − dez =